O GOLPE DOS SEMÁFOROS EM CUIABÁ

João Edisom de Souza é professor universitário e analista político em Mato Grosso

Por OPINIÃO 22/08/2019 - 18:11 hs
O GOLPE DOS SEMÁFOROS EM CUIABÁ
João Edisom de Souza

O trânsito principalmente de veículos e motocicletas tem sido uma grande dor de cabeça nas grandes cidades do mundo todo. Alternativas são estudadas e muitas implantadas em cidades. Algumas pouco eficientes, outras temporárias ou paliativas. Mas já temos situações eficazes. Porém precisa dizer que isso também tem relação com a cultura dos povos e o tamanho do país, pois o que deu certo em determinada cidade não é certeza de sucesso em outra.


Em Cuiabá temos um trânsito com pouco congestionamento, mas caótico no sentido de regulação e cultura de uso de espaço público. Isso cria um “código’ próprio de trafegabilidade que gera conflitos, confusão e acidentes de toda ordem.


Solucionar cabe ao poder público. Em virtude disto, a prefeitura acertadamente (se usado para o bem) investiu nos chamados “semáforos inteligentes”. Uma ação importante, embora polêmica. O que o torna objeto de debate é o “inteligente’ não cumprir com seu objetivo e ser usado para o mal e neste caso não cumprir seu papel e, ainda mais grave, estar assaltando motoristas. Isso mesmo, motoristas estão sendo assaltados nos semáforos!


O dito “assalto” ocorre preferencialmente nos finais de semana e feriados, justamente quando tem menos veículos nas ruas. Com a fluidez do trânsito, os semáforos inteligentes criam um “sistema’ de pare e siga “relâmpago”. Você sai do verde percorre poucos metros e ao aproximar do seguinte percebe um pisca no amarelo que entra imediatamente no vermelho, fazendo com que não haja tempo de segurar o veículo. PERDEU CIDADÃO! TE MULTEI! NÃO É MULTA É  ASSALTO, É ROUBO!


Imagina as pessoas que não moram em Cuiabá e que vem para a capital a negócios, passeios ou trabalho, ao receber a multa meses depois lá na sua casa nem sequer desconfia de que caiu em um golpe. A população precisa acordar! Isso é muito grave! Se alguém duvida que isto está ocorrendo abre uma página nas redes sociais para os motoristas contarem suas histórias e postarem as multas que recebem!


O triste é que já foi aprovado na Câmara de Vereadores um projeto que torna obrigatório a colocação de temporizadores nos semáforos (evitaria o golpe) que possuem radares de avanço de sinal. Preferencialmente naqueles que possuem câmera com o objetivo de multar os infratores que avancem o sinal. E é bom frisar que quem faz isso tem mesmo que ser punido. 


Com os temporizadores implantados e em funcionamento só serão pegos quem realmente estiver em infração. A pergunta é o que o prefeito está esperando para sancionar e colocar em pratica. Porque a prefeitura não se manifesta sobre o “roubo” corriqueiro que está ocorrendo na cidade? qual interesse, arrancar dinheiro do cidadão de bem? Esse dinheiro arrecadado (roubado) tem algum destino específico? Quem está sendo o beneficiado? Com a palavra quem tem obrigação de responder estas questões: o poder público! O silêncio faz qualquer historia virar verdade.