Polícia investiga paradeiro de empresário desaparecido desde o 31 de janeiro

Segundo testemunhas, empresário teria saído de casa para cobrar uma dívida

Por Luan Cordeiro 08/02/2019 - 09:29 hs

No final da tarde de quinta-feira (7), bombeiros de Sorriso e Lucas do Rio Verde (a 400 e 300 km de Cuiabá, respectivamente), encerraram as buscas ao empresário Fernando Marques da Silva, de 39 anos. Mas de acordo com a polícia, as investigações sobre o desaparecimento dele, prosseguirão sob sigilo.

O empresário está desaparecido desde o dia 31 de janeiro. Seu carro, foi encontrado no dia 3 de fevereiro, às margens do Rio Verde, nas proximidades de Tapurah ( a 437 km de Cuiabá). Uma equipe com mergulhadores e um cão de resgate, foi destacada para as buscas, logo que um pescador informou à Policia Militar (PM) ter visto duas pessoas empurrando uma camionete para dentro do rio, no dia em que o empresário havia desaparecido.

A equipe encontrou uma espingarda calibre 20, que estava enrolada em uma calça. Ainda foi confirmado se a arma tem ligação com o desaparecimento do empresário.

Segundo o delegado Nilson Farias – responsável pelo caso – a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) “trabalha com seis linhas de investigação”.  Uma das linhas é a de que o crime tenha sido motivado por um acerto de contas, já que testemunhas dizem que ele saiu de casa para cobrar uma dívida.

“A investigação é muito complexa, mas está evoluindo e acredito que em breve nossos investigadores terão mais informações”, declarou Nilson.